15 dezembro 2018

5 coisas que aprendi em 5 anos de blog

Que post mais clichê para se comemorar o aniversário de um blog, não? Mas tem coisas que a gente só aprende quando passa por elas, e é por isso que este tipo de post é necessário.

Esse ano o blog completa 5 aninhos de existência (dia 16/12) e esse post faz parte da série de posts especiais de aniversário do blog

Leia também: Os melhores posts do Cheiro de Pipoca


1. Você precisa estudar sim para ter um blog

Se você quer ter o blog como uma fonte de renda, vai precisar estudar muito. Sobre técnicas de marketing e divulgação, sobre SEO, sobre qual a melhor plataforma, e por aí vai.

Se você quer ter o blog só para ser um cantinho seu, acredito que você queira que ele seja bonito e tenha sua carinha, né? Para isso, você precisa aprender um pouquinho sobre html (e quem sabe sobre design), para poder fazer algumas alterações no seu blog, para que ele fique com a sua cara (a não ser que você tenha dinheiro para pagar um layout exclusivo).

Independentemente de qual seja o seu objetivo com o blog, acredito que você queira fazer um bom trabalho, e isso exige estudo, assim como em qualquer outra tarefa que você vai exercer na vida.

2. Não existe apenas uma forma de se divulgar um blog, e você pode fazer isso da maneira que achar melhor

Existem muitas, muitas mesmo, maneiras de se divulgar um blog/post. Você pode criar uma fanpage, divulgar em grupos do Facebook (de blogs e de assuntos específicos), usar o Pinterest, o Instagram, o Google+, criar cartão de visitas, e por aí vai... Você pode usar vários desses recursos para divulgar seu blog, ou focar em alguns. 

A verdade é que a gente sempre quer saber qual a melhor forma de divulgar, a forma que trará mais retorno, o que a gente não sabe é que: o que traz retorno para mim pode não levar retorno à você.

Lembro de uma época em que todo mundo fala das comunidades do Google+, que elas geravam muitas visitas e tudo mais. Eu participava de muitas comunidades nessa rede e divulgava muito por lá, mas adivinha? Eu não tinha retorno nenhum.

Já tentei divulgar o blog de diversas formas, hoje eu divulgo em poucos grupos do facebook e no pinterest, mas meu foco é o Instagram. E eu decidi fazer isso, pois foi a maneira que encontrei de além de divulgar, manter contato com o meu público (um público real). Pra chegar a essa decisão, eu demorei 5 anos (afinal, poderia ter adotado esse "método" de divulgação bem antes, né?), pois testei tudo o que estava ao meu alcance primeiro, para depois analisar o que realmente trazia resultados e era confortável para mim.

Então minha dica é: teste, e não se frustre se o que deu certo pra fulano não der pra você. Continue testando até encontrar a melhor forma.

3. Organização e frequência de postagem são importantes, mas você não deve se cobrar tanto

Já falei aqui sobre como é importante manter uma frequência de posts no blog, mas se você não conseguir manter isso, não será o fim do mundo não, viu?

Eu fico muito feliz quando consigo deixar tudo organizadinho e programado, mas tem dias que a faculdade e o trabalho me consomem e eu sumo do blog. Há um tempo atrás, eu ficaria me cobrando muito por isso e ficaria até triste, mas isso não adianta nada. Às vezes a gente precisa de um tempinho longe do blog para organizar a vida lá fora, e está tudo bem! Blogar deve ser, acima de tudo, algo prazeroso.


4. Fotos autorais são muito importantes

Já pensou tomar um processo por usar imagens que não são suas? Isso pode acontecer. Então fique bem atento às imagens que usa no seu blog. Você encontra vários sites que disponibilizam imagens gratuitas e livre de direitos para uso, ou você pode criar suas próprias imagens, com seu celular, mesmo que não entenda nada disso (voltamos ao item 1), você pode estudar um pouquinho sobre fotografia para celular. A Luh Testoni é ótima nisso, e pode te ensinar um pouco lá no canal dela.

5. Faça tudo por amor 

Se manter um blog não está mais te fazendo bem, se está te consumindo ou se você simplesmente não sabe se quer mais ter um, não fique triste ao pensar em dar um tempo. Muitas pessoas acham que estão "dando um passo para trás", mas como eu já disse, nós precisamos de um tempo para nós mesmos!

Há quanto tempo você tem de blog e o que aprendeu nesse tempo? Conta pra mim nos comentários!

2 comentários:

  1. As suas dicas são super valiosas! Eu no meu primeiro aninho de blog aprendi muitas dessas coisas na marra e sozinha rs. Muita gente tem aquelas "fórmulas mágicas" pra que seu blog seja um sucesso, mas no final tudo depende da gente e muitas vezes o que funciona para um, pode não funcionar pra outro.

    Blog Vinte Primaveras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Não existe fórmula mágica, o segredo é se esforçar.

      Excluir

Se você não tem conta no Google, clique na caixinha que fica em frente a "comentar como" e selecione "Nome/URL" ou comente com sua conta do Wordpress :)