Personagens favoritos de Anne With an E (e o que eles tem a ensinar)

segunda-feira, agosto 13, 2018
Mês passado fiz um post indicando a série Anne With an E e disse que gostaria de criar uma postagem mostrando meus personagens favoritos (já adianto que são muitos). Vocês gostaram e cá estou eu.


Não irei apenas citá-los, mas também vou dizer o que cada um deles nos ensina.

Lembrando que eu amo todos, essa lista não está em ordem de favoritismo.

1. Anne


Claro que eu começaria com a nossa protagonista, não é? 

Confesso que no começo eu tive um pouco de raiva da Anne. Ela é uma menina "ligada no 220", não para de falar um segundo, e isso é um pouco chato. Mas, no segundo episódio eu já estava a amando e percebendo o quão maravilhosa ela é.

Anne teve parte da sua infância estragada eu diria, pois vivenciou e viu coisas que nenhuma criança deveria ter contato. Quando ela finalmente encontrou uma família, descobriu que foi adotada por engano e tentou de tudo para que a família ficasse com ela. Anne também sofreu muito na escola e com os moradores de Green Gables, pois a maioria das pessoas não a aceitava pelo fato de ela ser órfã (ou ex-órfã).

Anne passa por cima de todas as dificuldades. Tem lembranças horríveis e aprende a lidar com elas. E o melhor de tudo: aceita todas as pessoas do jeito que elas são.

Ela traz ideias bem feministas e ensina muitas coisas para as pessoas ao seu redor.

"Serei a heroína da minha própria história."

2. Matthew Cuthbert


Matthew é o pai adotivo de Anne. Ele é bem quieto e reservado, mas esbanja amor e sempre ajuda quem precisa.

Acredito que o maior ensinamento que esse personagem nos passa é que amores antigos podem voltar e nós não devemos nos esconder deles.

Um ato incrível de Matthew também nos lembra a não ter medos de traumas do passado. Devemos enfrentá-los.

3. Marilla Cuthbert


Marilla é irmã de Matthew e mãe adotiva da Anne. A princípio ela é uma personagem rígida, mas vai amolecendo com o tempo.

Ela é um exemplo de saber pedir perdão quando se está errado.

4. Gilbert Blythe


Primeiramente: COMO NÃO SE APAIXONAR POR UMA COISA LINDA DESSAS? NENÊ DA MINHA VIDA. QUER O MUNDO? EU TE DOU!

Gilbert é muito inteligente e nos ensina como é importante se esforçar nos estudos e correr atrás dos seus objetivos. Assim como Anne, ele é um personagem forte e mostra que devemos amar as pessoas como elas são, sem preconceitos.

5. Tia Josephine


Um ícone de mulher. Riquíssima, faz o que quer e não liga para a opinião dos outros. Ajuda as crianças. Dá festas incríveis. Ícone sensata.

6. Sebastian


Bash (para os íntimos) nos mostra como é ser negro e viver em um mundo racista. Podemos aprender muito com ele.

Eu poderia citar mais mil personagens, mas acredito que esses são personagens de destaque que podem ensinar diversas coisas. Na realidade, acabamos aprendendo muito com cada um deles (a professora que usa calças em uma época que as mulheres só usavam saia; Cole, que não pode mostrar para o mundo quem ele realmente é; Diana que tem que seguir os bons modos, mesmo sem querer; e muito mais), acredito que nenhum personagem dessa série aparece por acaso, todos eles são extremamente importantes para a história e nos ensinam algo.

Essa série merece tanta visibilidade, e se você não assistiu, vai agora!

Qual seu personagem favorito? O que você aprendeu com ele?

Nos acompanhe no Instagram!
  • Share:

6 on 6: O que te traz paz?

sexta-feira, agosto 10, 2018
Olha só quem está postando atrasado? Eu mesma!

6 on 6 é um projeto onde 6 blogs escolhem um tema por mês e devem postar 6 fotos de acordo com o tema, todo dia 6. O projeto tem a duração de 6 meses.

Para o segundo mês escolhemos o tema "o que te traz paz?", então listarei algumas coisinhas que me trazem paz, acompanhadas de fotos lindíssimas.


Deus. Estar feliz com minha religião e minhas crenças.

 Sorrisos. Não é gostoso receber um sorrisão sincero de alguém sem nem esperar?

 Dançar. É uma terapia que eu amo.

Estar com os amigos.

Ler. E viajar para lugares incríveis.

Desenhar. E usar diferentes técnicas de pinturas.

Blogs participantes do projeto:

E você? O que te traz paz?

Nos acompanhe no Instagram! 
  • Share:

Céu cinza brincando de carrossel

segunda-feira, agosto 06, 2018

5:00h e o despertador toca. Abro a janela e o dia está lindo, perfeito para o que planejei: começar a ir trabalhar de bicicleta. Como todas as manhãs, levanto e já arrumo minha cama, vou até a cozinha e como uma fruta enquanto coloco a caneca com água no fogo para fazer meu café. 15 minutos de meditação e a água já está fervendo. Tomo meu café e vou escolher a roupa.

Decido olhar pela janela mais uma vez e vejo que o tempo mudou: o céu está cinza e parece que vai chover. Não parece, está chovendo. "Você não vai começar a ir de bicicleta justo hoje que está chovendo, não é?", ouço meu filho dizendo, parado na porta do quarto. "Mas é claro que eu vou, não disse que iria começar com esse hábito hoje? Desça para esperar o transporte, que ele já deve estar chegando", dou-lhe um beijo acompanhado de um "boa aula" e vou para o banho.

Saio do banheiro pronta. Guardo minha carteira, coloco a bolsa no ombro e olho pela janela: está fazendo sol? Penso que se eu passar calor é só tirar a blusa de frio, e decido ir com a roupa que estou.

Ao pegar minha bicicleta e sair do prédio noto que o tempo fechou novamente "Será que dá para se decidir?" falo olhando para o céu.

Subo e pego minha capa de chuva, agora sim estou pronta para ir.

Ao chegar na empresa e parar minha bicicleta, fico um tempo em frente à lojinha de artigos decorativos, faço isso todos os dias, amo ficar admirando os objetos vendidos lá. Hoje tem um objeto novo: um pequeno carrossel. Ele é dourado com alguns detalhes em vermelho, azul e amarelo. Os cavalos são tão bonitos e bem feitos. Não resisto e entro na loja para comprar.

Sempre fui uma pessoa que pensa muito sobre muitas coisas, meus amigos dizem que eu "viajo na maionese", e talvez agora eu esteja fazendo isso. Saio da loja e olho para o céu: está sol. Parece que o tempo está rodando em círculos: chuva, sol, chuva, sol, chuva, sol... Estaria o céu brincando de rodar igual um carrossel? Ou o homem que inventou o carrossel estaria imitando a brincadeira do céu?

Guardo meu pequeno carrossel na bolsa e entro no prédio da empresa.


Esse post faz parte do Desafio Relâmpago do grupo United Blogs. Fiz um post pedindo para comentarem 3 palavras que começassem com a letra C, e fiz um título de post para cada membro utilizando as palavras que comentaram. As minhas palavras foram céu, cinza e carrossel, e foi um membro que criou o meu título.

Blogs que também participaram do desafio:
  • Share:

Séries que não terminei de assistir

quarta-feira, agosto 01, 2018


Talvez esse seja um dos posts mais inúteis da blogosfera, mas estou com ele na cabeça há tempos. A quantidade de séries que eu começo e não termino é vergonhosa, e isso pode se dar ao fato de que as temporadas seguintes não me chamaram a atenção, ou porque a história ficou ruim, ou simplesmente por preguiça. Um dia ainda termino de ver todas as minhas séries atrasadas, mas, por ora, vou só falar um pouco do que achei de cada uma a princípio e porque não terminei de vê-las.

❤ Dark 



O que me fez tomar coragem para abrir a Netflix e ver o primeiro episódio dessa série foram as especulações sobre ser um pouco parecida com Stranger Things (série que eu amo) e por, aparentemente, tratar de viagem no tempo. Mas eu desanimei completamente, tanto que foi só isso: primeiro episódio e thaw!

Acontece que eu não entendi nada de nada. A série é alemã, mas, mesmo eu vendo dublada, parecia que eles estavam falando outra língua. Não absorvi absolutamente nenhuma das informações. Já vi algumas séries cujo primeiro episódio não dizem muita coisa (Dirk Gently que eu diga), mas essa foi uma daquelas que me deu tilt no cérebro e um desgosto enorme haha.

❤ American Horror Story - quinta temporada em diante 



AHS está na minha lista de séries favoritas até a quarta temporada. Lembro-me até hoje do dia que assisti o primeiro episódio: eu estava sozinha numa noite no sítio da minha avó, e fiquei com tanto medo que literalmente paralisei no sofá. A minha temporada favorita é a segunda, que se chama Asylum e se passa num sanatório (eu amo histórias que se passam nesses lugares).

Pra mim, a melhor atriz é Jessica Lange, e foi justamente por culpa dela que eu parei de assistir, pois, depois que ela saiu do elenco, eu desanimei completamente. Até tentei assistir alguns episódios das novas temporadas (já está indo para a nona!), mas sempre parecia que faltava alguma coisa.

Algo legal sobre essa série é que as temporadas são independentes, ou seja, você pode assistir na ordem que você quiser que não fará diferença. Eles mantém os mesmo atores, mas interpretando papéis em tramas completamente diferentes (com exceção do crossover que vão fazer agora e que, sinceramente, está me animando um pouquinho hehe).

❤ 3% (segunda temporada) 



Essa é uma série original Netflix brasileira. Assistir a primeira temporada deu até um orgulho, pois ficou muito bem feitinha. A história se passa numa sociedade futurista e distópica onde os jovens tem de passar pelo Processo, onde os 3% melhores são selecionados para irem viver no Maralto, um lugar "perfeito" onde não há doenças nem mortes.

Como eu disse, a primeira temporada ficou incrível, tanto que eu maratonei. Já na segunda fizeram um hype tão grande, com trailers incríveis, e eu fui ver cheia de expectativa. Acabou que eu vi o primeiro episódio e pensei "nossa, é isso?". Quer dizer, eu sei que têm mistérios a serem resolvidos e revoluções para acontecer, mas algo me incomodou nessa segunda temporada.

 Desventuras em Série (segunda temporada) 



Eu amo o filmes Desventuras em Série ♡ acho a história brilhante, cheia de reviravoltas (mesmo que beirando o absurdo), com aleatoriedades e mistérios. Quando terminei de ver o filme, fiquei um tantinho curiosa para saber qual o destino dos órfãos Baudelaire, mas não foi algo desesperador, pois, no fundo, eu achei legal poder imaginar o que se passava depois. Ah, fora a fotografia, os figurinos e o tom antigo que o filme tem!

Já a série da Netflix logo me incomodou um pouco por terem dado um ar mais ~moderno~ a ela. Para quem viu o filme, como eu, a série pode se mostrar bem massante por ser praticamente igual a tudo que está no filme. Os finais são diferentes, e era óbvio que teria uma segunda temporada. Quando ela foi lançada eu não me animei tanto por já estar um pouco cheia de tanta gente idiota que não percebe nada haha.

 Siren 



Comecei a ver essa série na televisão e logo pensei "agora vai!". Não foi, pois é isso mesmo. Vi os três primeiros episódios e, apesar de ter uma curiosidade para ver os outros (são sereias demoníacas!), achei muito bobo todo mundo ficar encantado pelas sereias, tantos os homens quanto as mulheres.

Ah, claro, situando vocês, a série começa com a captura de uma criatura marinha feroz por pescadores de um vilarejo no noroeste do oceano pacífico e, logo após isso, o surgimento de uma garota estranha. Quero descobrir o que vai acontecer, mas, por enquanto, não hehe.

Por favor, me digam que não estou sozinha e que mais pessoas mundo a fora tem uma lista um pouco grandinha de séries que não terminou de assistir! Mas, falando um pouquinho das últimas séries que assisti mesmo, foram as segundas temporadas de Anne with an E e The Handmaid's Tale. Que séries, meus amigos! Acho que posso falar logo mais de The Handmaid's Tale por aqui :)

Obrigada por tudo, pessoal! L, ♥️

  • Share:

Planner de estudos para Download (sem data)

segunda-feira, julho 30, 2018
Há muito tempo eu gostaria de me organizar em relação aos estudos, e procurei por inúmeros planners que me ajudassem nessa tarefa, mas nunca nenhum me satisfazia. Ou tinha coisa demais ou de menos. Às vezes eu via algo em um planner que me agradava e achava que junto a um item de outro planner, seria perfeito.

Depois de cansar dessa busca, criei o meu próprio planner! Apenas com os itens que eu considero necessários, e vou compartilhar com vocês.


O planner não é datado, o que permite que você coloque a data em que está usando ele, e possa usar em qualquer época do ano!

O que o planner contém?

  • Capa - com espaço para o seu nome;
  • Calendário mensal - onde você coloca o que tem para fazer em cada dia no mês, e ainda conta com um espaço para anotações importantes;
  • Calendário semanal - onde você coloca as tarefas de cada dia e as metas da semana;
  • Grade horária - com espaço de segunda a sábado para que você coloque seus horários e aulas;
  • Livros para ler - onde você anota os títulos que devem ser lidos, e vai marcando conforme lê;
  • Revisão de matérias - no espaço maior, você coloca o título da matéria e nos menores coloca as datas em que você estudou/deve estudar novamente ou revisar;
  • Aproveitamento - Espaço para colocar suas notas finais e se foi aprovado ou não nas matérias.

Esses são os itens que eu considero necessários e que realmente usarei. Gostou? Agora é só baixar, imprimir e usar!

Não se esqueça que plágio é crime! Gostou do Planner e quer compartilhá-lo/indicar para alguém? Não se esqueça de dar os devidos créditos (e nada de disponibilizar dizendo que é seu, hein?).

Como baixar

Basta clicar no link abaixo e fazer o Download! 

LINK PARA DOWNLOAD

Se você gostou do Planner, não se esqueça de compartilhar essa postagem! 😊

Nos acompanhe no Instagram! 

 

  • Share: