12 julho 2016

Essa sou eu


É tão difícil ter que fazer escolhas. E a vida é cheia delas. Devo escolher se fico assim, gordinha, do jeito que eu gosto, ou se emagreço, por conta dos padrões. Devo escolher o que farei na faculdade, o que quero ou o que dá dinheiro? São tantas escolhas, que me perturbaram por tanto tempo...mas agora escolhi ser quem eu sou.

Certo dia me olhei no espelho, e vi tudo, menos eu. Um short apertado com uma cinta por baixo para tentar esconder as gorduras. Essa não sou eu. Um gloss que eu acho super nojento, mas que usei só porque as Youtubers famosas estão usando. Essa não sou eu. Meu cabelo loiro que pintei pois achava que pelo menos tendo o cabelo dessa cor as pessoas me aceitariam. Essa não sou eu. Colares que me incomodam, mas estavam na moda. Essa não sou eu. Unhas compridas, que eu odeio, sempre me arranho, mas todo mundo usa unhas assim. Essa não sou eu. E todas essas mudanças estavam afetando meu jeito de ser, meu jeito de viver. Eu que sempre expus minha opinião sobre tudo, mesmo estando certa ou errada, sempre disposta a ouvir outras opiniões e debater sobre diversos assuntos, até mesmo mudar de opinião se necessário, passei a ficar calada, pois assim menos pessoas me julgariam. Eu que sempre fui apaixonada por dança e dançava em todas as baladas e lugares que ia sem medo nenhum, passei a ficar sentada em um canto apenas assistindo as pessoas se divertirem, pois assim haveriam menos olhares virados para mim, me julgando só pelo fato de que "gordinhas e dança não combinam".
Olhei para a prateleira no meu quarto e vi uma boneca de pano que tenho desde pequena, minha avó costurou pra mim, disse que essa bonequinha era eu. E ela realmente se parecia comigo. Peguei a boneca na mão e fiquei a encarando por um tempo. Aquela boneca parecia mais comigo do que eu mesma. Será que eu deixei meu verdadeiro eu na prateleira?

Foi ali que percebi que não devo agradar a ninguém. Apenas a mim mesma. Passei por dias difíceis sim, mas lágrimas não significam que você está perdendo, todo mundo se machuca, é algo que acontece.
Parei com essa ideia de tentar ser magra, gosto de mim do jeito que sou. Essa sou eu. Uso maquiagem quando quero e como quero. Essa sou eu. Meu cabelo está preto, da sua cor natural, e está lindo. Essa sou eu. Não uso colares porque me sinto muito incomodada, e não há problema algum nisso. Essa sou eu. Minhas unhas estão curtíssimas. Essa sou eu. Minha opinião? Sempre será exposta. E sobre dançar...é minha maior paixão!
Aliás...é isso que quero fazer. Dança. Já me inscrevi na faculdade e começo segunda-feira. Estou muito ansiosa. E sobre a questão do dinheiro...é só me esforçar e correr atrás que eu consigo viver bem fazendo o que gosto.

Uma última coisa: às vezes é difícil de seguir o seu coração, mas apenas seja verdadeiro com quem você é


*Este texto faz parte do projeto 1000 músicas para escrever sobre e foi escrito baseado na música Who You Are - Jessie J.

2 comentários:

  1. De arrancar o fôlego e deixar sem palavras esse texto, Vitória!!
    Já tinha lido ele quando você postou, jurava ter comentado.
    Temos que ser verdadeiros com quem somos. Sempre. A sociedade é cruel demais e para as mulheres é ainda mais difícil ter que lutar contra uma série de padrões impostos e ditação de ''regra'' o tempo todo. E é bem isso que deve ser feito: ser verdadeira com quem você é!
    E, ah, essa música da Jessie é linda demais.

    PS: Aproveito pra dizer que acho seu cabelo DEMAIS! Desde que passou a postar fotos dele assim sempre penso nisso quando vejo.

    Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah obrigada, de verdade <3 Adoro comentários amores que fazem o meu dia mais feliz hahaha

      Excluir

Se você não tem conta no google, clique na caixinha que fica em frente "comentar como" e selecione "Nome/URL" ou comente com sua conta do Wordpress :)

Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo