Dez e seis

segunda-feira, abril 18, 2016

Ontem (17/04) completei mais um ano de vida. Completei dezesseis anos.
Sinto que esse período entre quinze e dezesseis anos, mudei muito.


Eu finalmente aceitei quem eu sou. Lembra daquele cabelão liso? Não existe mais! Percebi que é uma besteira enorme tentar ser o que não sou. Nasci com cabelos cacheados, Deus me fez assim e é assim que vou ficar, não é feio. Feio é quem diz que esse tipo de cabelo é duro, essas pessoas não sabem o que dizem. Contei tudo sobre a minha transição aqui.

Percebi que não é vergonhoso não saber/entender sobre um assunto, vergonhoso é fingir saber o que não sabe e querer dar uma  de "bonzão" (deu pra entender?). Vou dar um exemplo: essa história toda de impeachment. Não estou entendendo nada. Então apenas fico na minha. Pode ser que caia sobre isso no vestibular e uma hora ou outra terei que procurar saber mais sobre o assunto. Mas não quero agora.

Consegui entender que amigos vem e vão. Uns ficam, mesmo que de longe. Uns se afastam, mas ainda estão perto. O fato, é que isso é algo que não podemos controlar.
Consegui perceber isso com a mudança de escola. Tem uns que eu era super grudada e hoje é só mais um na lista de amigos do facebook. Tem outros que não converso muito, mas continuo amando e sinto que eles também. E tem muito mais que não dá para escrever aqui, se não o texto fica enorme.

Cada pessoa tem um problema. Não sei se já pararam para pensar nisso, mas é verdade. A professora de português contou uma história que me fez pensar nisso, e vejo isso a todo momento. Então uma dica super valiosa: nunca julgue alguém de primeira, por uma única atitude. Você não sabe o porque daquilo, tente entender a pessoa. Procure conhecê-la, e depois tire suas conclusões.


Mudando de assunto, tive uma festinha no sábado, super amor <3
Eu amei essa decoração porque ficou super simples e bonita, e nem dei trabalho para fazer.
O que vocês mais gostam em festas? Eu gosto de ver os amigos e de dançar muito.
A maioria dos convidados compareceu, e eu dancei muuuuuito. Sem parar. Tipo umas cinco horas seguidas. Adorei. Foi incrível.

Estou adorando compartilhar experiências aqui com vocês, coisa que eu fazia pouquíssimo antes. Espero que tenham gostado do post <3

You Might Also Like

6 comentários

comentário(s) pelo facebook:

  1. Estou achando super bacana você dividir mais sobre as suas coisas por aqui. A gente passa a conhecer um pouquinho melhor, mesmo que por alto.
    Meus parabéns atrasados! hehehe
    Seu cabelo tá lindo assim!

    Beijo

    Baú de Canto

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que está gostando!
      Obrigadaa! <3

      Excluir
  2. Que texto mais fofo Vitória! <3 Amei! E parabéns! Desejo muitas felicidades Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Carol (pelo elogio do texto e pelos parabéns)! Hahaha! <3

      Excluir
  3. Rosana Melo22/4/16

    Assumir quem é. Isto aí. Vc é e está linda! Assumir uma personalidade. Batalhar pelo que quer e não desistir, mesmo que pareça momentaneamente difícil. Acredito em vc é te admiro muito. Também amei o seu niver. Dançar está no nosso sangue. Beijos

    ResponderExcluir

Se você não tem conta no google, clique na caixinha que fica em frente "comentar como" e selecione "Nome/URL" ou comente com sua conta do Wordpress :)

Fale conosco!

Nome

E-mail *

Mensagem *

A galera curtiu

Instagram | @bruscato_vit