27 julho 2017

Série: The 100

Há um tempo, ouvi falar dessa série e anotei em algum lugar que queria assisti-la, porém acabei deixando o assunto de lado. Depois de um tempo, o Johnny fez um post lá no Baú de canto (blog maravilhoso, vale a pena conferir) sobre The 100, e eu oficialmente decidi que iria assistir.


Quando uma guerra nuclear destruiu a civilização e o planeta Terra, os únicos sobreviventes foram 400 pessoas que estavam em 12 estações espaciais em órbita. 97 anos e três gerações depois, a população já contava com 4 mil pessoas, mas os recursos já vão escassos. Para garantir o futuro, um grupo de cem jovens é enviado à superfície da Terra para descobrir se ela está habitável. Com a sobrevivência da raça humana em suas mãos, estes jovens precisam superar suas diferenças e unir forças para cruzar juntos o seu caminho.

A série conta com quatro temporadas, e já tem a quinta confirmada para 2018 (AMÉM SENHOR). As três primeiras temporadas estão disponíveis no Netflix.

Essa série é incrível. Os personagens lutam para sobreviver a cada segundo e sempre há um conflito atrás do outro. Os conflitos nunca são repetitivos, e eu fico impressionada com a criatividade dos criadores.

Eu não vou me estender muito falando sobre essa série para não ocorrer spoilers 💙

Uma coisa notável e que eu acho muito legal é a mudança de comportamento dos personagens e o quão "aceitável" isso é. Por exemplo, um personagem faz algo horrível, mas você para e pensa: "ele passou por tanta coisa, e está na situação X, algumas medidas drásticas são necessárias.". O que eu quero dizer é que eles passam por tanta coisa que você compreende o quão necessária é a mudança de comportamento deles para cada situação/conflito da história.

Agora algo que eu achei incrível e preciso compartilhar, porém, se você ainda não assistiu isso será um spoiler (então pule essa parte, ou leia mesmo assim - faça o que preferir).
Início do spoiler
Quem já assistiu sabe que a Terra é habitável, tanto que existem pessoas lá: grounders. Os grounders tem uma língua um tanto quanto estranha, né? Pesquisando, descobri que criaram uma língua só para a série, e é como se fosse uma evolução do inglês. Tanto que em frases como "Yu gonplei ste odon" (sua luta acabou), vemos uma semelhança na palavra Yu = you.

Eu achei isso fantástico e quero aprender o máximo de expressões/palavras possíveis dessa língua!

Fim do spoiler

Uma coisa que eu achei super interessante no post do Johnny, é que no fim, ele colocou "personagens para amar" e "personagens para odiar", e isso pode variar dependendo da temporada que você assiste.

Eu sou uma pessoa que se gosto de um personagem ou não gosto, é muito difícil eu mudar de opinião em relação a isso. Vou fazer essa listinha também, e sei que alguns personagens que eu gosto vão parecer absurdos pra quem já assistiu a série,  porém, vou me explicar.

Personagens de The 100 para amar

1. Lincoln


Vamos começar pelo fato de que ele é maravilhoso! Acho que é o personagem que eu mais gosto (e quem não ama?)

2. Octavia

Desde o início a gente se apaixona por ela, e essa paixão só cresce mais e mais!

3. Jasper

Ele é um fofo!

4. Monty

Esse menino é incrível (e muito lindo)!

5. Murphy

Esse é o momento que vocês leem e falam "O QUE?". Sim pessoas, eu gosto do Murphy, ele apenas não é compreendido por todo mundo, mandaram o pai dele flutuar por um motivo que eu não vou contar, porém ele se sente culpado, mas no fundo ele tem um bom coração!

6. Indra

QUE MULHER HEIN MEUS AMIGOS. Queria que ela fosse minha mãe.

Personagens para odiar em The 100

1. Jaha
2. Pike
3. Echo

Só fazem merda, podem odiar a vontade.

Para finalizar, deixo registrado meu amor por essa série e meus sinceros: VAI ASSISTIR LOGO!

Jus drein, jus daun!

24 julho 2017

Playlist: Sou muito eclético sim!

Depois de seis meses sem fazer playlist aqui no blog (coisa que eu amo) eu voltei! Eu gostaria de colocar tantas músicas bacanas aqui, mas o post ficaria enorme, então selecionei algumas que eu considero super bacanas!

Como (todo mundo já sabe) eu gosto de vários tipos diferentes de músicas, vou dividindo-as por ritmos aqui, assim você pode escutar só do ritmo que quiser/gostar ou pode se aventurar escutando ritmos diferentes do que está acostumado!

Imagem: @tannykessia

POP internacional

Vamos começar com lançamentos que me deixaram maravilhada!

Kesha - Praying

Prepare o lencinho porque certamente você irá chorar! Vocês sabem de todo o rolo da Kesha com o Dr. Luke? Ela lançou essa música falando sobre isso. A música e o clipe são lindíssimos!
Caso você esteja perdido esse post explica tudinho e ainda faz uma análise incrível da música!


Little Mix - Power

Mais meninas super poderosas que nós?


Demi Lovato - Sorry not Sorry

Essa música é daquelas que nós aprendemos a letra para cantar com as amigas!



Major Lazer - Sua Cara (feat. Anitta e Pabllo Vittar)

É em português, porém a música propriamente dita é do Major Lazer, então é internacional, né?
Meninas que ficam enlouquecidas na parte da Pabllo me adicionem.


RAP Internacional


RAP, Hip hop, R&B...são todos parecidos! Mas vou unir tudo por aqui!

Bone Thugs - If I Heaven a Cell Phone (ft. Tank)

Esse grupo é muito bacana! Recomendo que procurem todas as músicas deles!


Desiigner - Outlet

As músicas dele são meio "loucas", eu sei. Porém eu adoro!


Blackbear - Do Re Mi

Pensa em alguém que não parou de escutar a música depois que ouviu a primeira vez?



Gospel

Fiz essa parte só para colocar a música nova da Priscilla Alcântara que eu estou apaixonadíssima!

Priscilla Alcântara - Tanto Faz


Country

Eu estou amando as músicas dos meninos do Florida Georgia Line, e vou deixar três para vocês amarem também!

Florida Georgia Line - H.O.L.Y.


Florida Georgia Line - Cruise (Remix ft. Nelly)


Florida Georgia Line - This is How We Roll (ft. Luke Bryan)


Eu queria colocar muito mais outras músicas por aqui, porém vou deixar para outro post! Já conhecia alguma dessas? Qual gostou mais?

21 julho 2017

The Mystery Blogger Award

Fui indicada à esse prêmio pela Tauani, do blog Versos de Inverno, e há quanto tempo eu não respondia à TAG/prêmios como esse! Me lembrei da primeira TAG que respondi aqui no blog, lá em 2013! Fiquei super feliz em ser indicada e estou super feliz com todo o carinho que recebo da Tau!

O Mystery Blogger Award é um prêmio para blogueiros incríveis com postagens engenhosas. Seu blog não só cativa: ele inspira e motiva. Eles são um dos melhores e eles merecem todo o reconhecimento que eles conseguem. Este prêmio também é para blogueiros que acham diversão e inspiração em blogs e fazem isso com tanto amor e paixão." (Okoto Enigma)
As regras do prêmio:

  • Colocar a imagem do prêmio no seu blog;
  • Listar as regras;
  • Agradecer a quem nomeou e fornecer link para o seu blog;
  • Mencionar o criador do prêmio;
  • Contar a seus leitores três coisas sobre você;
  • Nomear até dez pessoas;
  • Notificar os seus indicados, comentando no seu blog;
  • Pedir a seus leitores que respondam cinco questões de sua escolha, perguntas estranhas ou engraçadas;
  • Compartilhar um link com a sua melhor postagem.
So, let's go!


3 coisas sobre mim

1. Eu sou movida pela música. Às cinco da manhã vou para a escola escutando música, e se puder, não paro de ouvir até a hora de dormir.

2. Eu AMO ler outros blogs e fazer amizades na blogosfera. Adoro ver a opinião de outros blogueiros sobre diversos assuntos e conheço muitas pessoas bacanas nesse pequeno mundo que chamamos de blogosfera.

3. Sou fã da Beyoncé. É sempre importante lembrar isso! 😉

As cinco perguntas da Tauani 

1. O que te levou a criar um blog?
Eu sempre lia as crônicas da Bruna Vieira lá na revista Capricho, e um belo dia, em um desses textos, ela escreveu que era legal ser blogueira e eu pensei: porque não? Me apaixonei por esse mundo, por compartilhar minhas experiências, dizer o que gosto, conhecer pessoas novas, e cá estou eu, há quase quatro anos nessa blogosfera.

2. Uma frase que você levaria para a vida
Ai gente, que difícil! Tem tanta frase legal por aí. Vou deixar um trecho de uma música do Emicida, que eu amo (o nome da música é Casa, para quem quiser procurar depois):

"A gente já se acostumou que a alegria pode ser breve, mostre o sorriso, tenha juízo, a inveja tem sono leve".

3. Um momento de superação
Com certeza fazer o meu Big Chop (explicação rápida para quem não sabe: cortar todo o cabelo com química e deixar só o natural). Foi meio que uma "afronta" virar para a minha mãe e minha tia e dizer "vocês alisam meus cabelos desde os 10 anos, porque me disseram que isso era bom, mas não é".
Eu tive muita coragem ao fazer isso, meu cabelo ficou curtíssimo e eu mesma me surpreendo ao ver as fotos, hahaha!

4. Você faria um intercâmbio para qual país? E por quê? 
Meu sonho é fazer intercâmbio, e eu ficarei super feliz em ir para qualquer lugar (olá empresas de viagem, me patrocinem, rs).

5. Biscoito ou bolacha?
B O L A C H A!

Minhas 5 perguntas

  1. Faça uma frase com as palavras: chão, blog, sorvete, óculos e foto.
  2. Qual o seu desenho favorito de infância?
  3. Se você pudesse voltar no tempo, para onde/quando voltaria e por quê?
  4. Faça uma pequena homenagem para alguém especial 
  5. Uma música

Os blogs que eu indico

Se você (mesmo não sendo indicado) gostar desse "prêmio" e quiser fazer a postagem no seu blog, sinta-se à vontade!

Vou indicar blogs que eu gosto bastante, e em breve, pretendo criar a aba Blogroll por aqui, e eles certamente estarão lá!








Meu melhor post

Não sei se é o melhor post, mas eu me aventurei em escrever uma crônica e gostei bastante do resultado: As melhores pessoas.

Se você leu até aqui, muito obrigada! Eu amei matar essa saudade de responder Tags/prêmios! 

20 julho 2017

Ser instável não é algo ruim


O que é ser instável para você? Se você procurar rapidamente no Google, vai encontrar (entre as definições) algo como "que não é constante, que muda, que varia; variável, mutável.".

As coisas ao nosso redor sempre mudam, os aparelhos eletrônicos evoluem; as casas "esticam" e se transformam em prédios; onde antes havia um portão baixinho, agora há um muro enorme com cerca elétrica em cima, que protege um condomínio fechado; antes, todos usavam calças coloridas e agora todos usam calças metalizadas. Percebem como tudo muda o tempo todo? Cabe a nós querermos aceitar essas mudanças ou não.

Mudar o estilo de roupas que usa, o gosto musical e os cabelos são coisas normais hoje em dia. Mas e mudar de opinião? Com tantos movimentos hoje em dia, tanta gente tentando entender o que está acontecendo nesse mundo louco e formando opiniões sobre política, problemas da população e tantas outras coisas. Já repararam que hoje em dia mudar de opinião em relação a coisas como essa é considerado algo ruim? Pois eu venho lhe dizer que: não, não é.

Se você procura sempre saber mais sobre política, acontecimentos recentes e não vê problema nenhum em sempre mudar sua opinião sobre tais assuntos, você está certo! Nós somos seres humanos em constante evolução, se nós sempre vivermos dentro de uma caixinha, com a mesma opinião e nos relacionarmos apenas com pessoas que compartilham do mesmo pensamento que nós, não evoluímos. Pesquise mais, converse mais, ouça outras opiniões e se permita mudar de opinião também. Ser instável não é algo ruim.

👑

Esse post faz parte do desafio Imagem/Palavra do grupo Café com Blog, onde nós recebemos uma imagem ou palavra (ou ambos) e escrevemos um post totalmente livre baseado no tema. A palavra que eu recebi foi instável. Adorei participar desse desafio, e sempre que possível participarei!

14 julho 2017

The OA

Séries agora é oficialmente uma categoria do blog. Acho que já tenho posts o suficiente para preencher essa aba!


Se eu tiver que contar a história dessa série rapidamente e sem spoilers, de maneira que eu convença uma pessoa a assistir, eu diria: uma menina cega some e reaparece depois de sete anos enxergando. Isso foi o que me levou à curiosidade para assistir essa série.


Eu acabei de re-assistir o trailer, antes de colocá-lo nesse post e estou emocionada.

Como OA voltou a enxergar? Essa história é complexa e tem muito mais coisas por trás do que você pode imaginar.

Eu tenho medo de contar sobre a série e acabar dando algum spoiler, então este post será breve.

Certamente essa é a série mais bonita que eu já assisti. Em termos de história e cenas. Se você achar as cenas bonitas no decorrer da série, não sabe o que te espera na última. Eu fiquei realmente maravilhada.

A história, para mim, tem muita relação com fé. Não fé em um Deus ou algo maior, mas fé na história propriamente dita. Você tem que acreditar no que está sendo contado - ou não, e eu acho que isso que "dá a magia" da série e a torna tão bonita.

Eu me apaixonei pela OA e acredito que vocês também irão se apaixonar.

Os cenários são lindos, e a trilha sonora: MEU DEUS, UMA MÚSICA MAIS LINDA QUE A OUTRA! As atuações são incríveis, principalmente da personagem principal.

Essa série tem uma temporada com oito episódios, e já tem a segunda temporada confirmada! Estou bem animada para a segunda, porém acho que o desfecho da primeira ficou tão legal, que fico até com um pouco de medo de estragarem a série na segunda.

A série é original da Netflix e está disponível lá.

Quem já assistiu e amou assim como eu? Você acreditou na história que foi contada?
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo